• joaoanatomia

Dos fundamentos até hoje

A Física é a ciência dos ‘curiosos’, querendo entender a natureza, o universo e como eles funcionam.

Elodie Chardin, Engenheira Física formada pela École Central de Marseille

e-mail: elodieygtc@gmail.com



De lá saiu a Mecânica imitando o voo dos pássaros, os movimentos dos peixes, os pulos do gato, as ondas do mar, o vento, etc...

De lá o homem precisava de uma linguagem para conseguir decifrar esses movimentos, acontecimentos, crescimentos, essa linguagem chamou-se de Matemática!

A matemática modelizou tudo o que o homem aos poucos entendia sobre as criações em torno dele.

Os números, as equações, são todas feitas para o mesmo propósito: serem entendido, processados e aplicados!

E é lá que chegaram os “Químicos” que começaram com os druidas, boticários eram todos da mesma linhagem, ou seja, usavam as propriedades de plantas e animais. Até que um dia, eles decidiram extrair as substâncias ativas e aprenderam a sintetizá-las.



Agora, pensam bem nas novas tecnologias, no desejo de ter sempre mais com o menor custo, na vontade de criar tudo o que chamamos de inovação.... Todo esse processo poderia se chamar por fim de ‘reverse engineering’ da Natureza, não é ?!

E hoje o que precisamos? Melhorar os rendimentos das plantas, das safras, de leite, gado para alimentar a humanidade, será que não estamos querendo imitar de forma incerta o que já foi feito de forma perfeita....


Tomemos como exemplo uma pelota de lã: um gato brincou com a pelota que está toda embaraçada... e agora tem que tirar os nós um depois do outro.

Dois jeitos a paciência ou pegar tesouras e cortar quando o nó está muito apertado.

E agora vamos multiplicar as pelotas e os gatos, como podemos nos sentir diante do resultado da brincadeira dos gatos.... será meio desesperado e sem jeito????


Plantaetec tem por objetivo entender o funcionamento das plantas usando as ferramentas físicas e a matemática estatística. Tentando entender as propriedades das plantas podemos ver o como o Sócrates tinha razão “The more I know, the more I realize I know nothing”.

Mas isso não é uma razão para desistir, pois o propósito é ajudar e melhorar a vida de milhares e milhares de seres.



Contudo, tome cuidado não perder o foco e lembre-se Efeito Dunning-Kruger, caso contrário, nada benéfico poderá ser alcançado, nem para o homem, nem para indústria ou economia.

A agricultura sofre cada dia mais pressão econômica, das indústrias e dos políticos, entretanto antes de pensar em dinheiro, resultados, rendimentos, não podemos esquecer donde nos vemos e de qual o propósito da vida.




39 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo